Esboço da lição 5
As bênçãos dos justos (Pv. 10 – 13)
Motivação: Certa vez, um homem, num barco, começou a furar um buraco debaixo de seus pés. Quando as pessoas que estavam no barco exigiram que ele parasse, ele respondeu: “Não se intrometam nisso. Este assento aqui é meu!” Essa resposta absurda é muitas vezes a desculpa usada pelo pecador para justificar seu comportamento. “A vida é minha, e vocês não têm nada que ver com ela.” É claro que qualquer coisa que façamos ou deixemos de fazer afeta os outros, especialmente os que estão mais próximos de nós.
Foco: Saber que Deus coloca claramente diante de nós as alternativas que temos e suas respectivas consequências, para que possamos estar bem informados ao fazer as escolhas, em vez de sermos enganados por causa de nossa ignorância.

Compreensão: (Pv. 10-13)
I. A natureza do bem em contraste com o mal
Pergunta 1 Tanto maus e bons, tem felicidade, vida, riqueza, honra, segurança, qual é então a diferencia?
Todo é temporário:
1. Felicidade temporária ( 10:1))
2. Vida temporária (10:2)
3. Riqueza temporária. (10:4)
4. Honra temporária. (10:7)
5. Segurança temporária (10:9)
Pergunta 2 No capitulo 10:11-14 Fala sobre o contraste entre a boca dos justos e dos perversos. Porque Salomão se detém nesse assunto em forma especial?
Na verdade, a boca gera vida, mas pode produzir morte. (v.11) manancial de vida. Deus é a fonte de vida, e essa vida flui a traves de uma vida santificada e a vida santificada emite palavras de vida.
Pergunta 3 Esse tema da mentira, é tomado superficialmente por muitos. Como considera Deus a Mentira?
O Senhor odeia a mentira, mas tem prazer nos fieis a verdade. (12:22)
II. A recompensa dos justos
Pergunta 4 Porque é melhor a integridade que a falsidade?
11:3 O final da história é o que conta. O resultado final, o placar final.
A história prova que os que foram injustos, falsos, mentirosos, etc. Nunca terminam bem.
13:9 A luz dos justos continuará brilhando
13:22 O homem de bem deixa “Herança” para seus descendentes.
13:14 O ensino do sábio é fonte de vida.

Aplicação:
1. De que forma nossas decisões afetam os outros para o bem ou para o mal?
2. O livro de Provérbios faz distinção entre o justo e o insensato, o que é certo e o que é errado, existe duas formas de saber isso. Por meio do trabalho do Espirito santo na consciência de cada um e por meio das escrituras. Por isso é tão importante ler a Bíblia com oração para conhecer sua vontade.

Criatividade:
Quais aspectos de sua vida precisam melhorar, que esforços você está disposto a fazer para fazer mudanças?
O Senhor está desejoso de fazer por nós “infinitamente mais do que tudo quanto pedimos ou pensamos” Falemos sobre isso, oremos sobre isso. Não falemos de incredulidade. Vamos orar, crer e nos alegar. Cantemos louvores a Deus por haver Ele respondido nossas orações. Apeguemo-nos à Sua palavra. Quem fez a promessa é fiel. Nenhuma súplica sincera é perdida. O canal está aberto; a corrente esta fluindo, levando consigo propriedades curativas e emanando uma restauradora torrente de saúde, vida e Salvação. Amem.

Recomendado

Comentarios de Facebook

Comentarios

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*